SEENS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
+55 (41) 3151-9551

Confira dicas de segurança para fazer compras em sites chineses

Com a chegada da Black Friday, as promoções mirabolantes vão aparecer, mas tenha cuidado

Vinicius Szafran, editado por Daniel Junqueira

Compras pela internet são cada vez mais atraentes, principalmente quando falamos de produtos vindos da China. O país é uma opção interessante para quem procura por eletrônicos, fones de ouvido, roupas, acessórios para smartphone, itens de decoração, entre tantos outros tipos de produtos. Mesmo com o preço em dólar, sites chineses costumam ter ofertas tentadoras e produtos que não encontramos por aqui.

Mesmo com todas as facilidades, é preciso ter alguns cuidados. Os itens vêm de muito longe, geralmente de lojas desconhecidas e anunciados em inglês. Na Black Friday, a oferta de produtos aumenta, e seus cuidados devem aumentar também. Na hora de comprar, é importante tomar algumas atitudes simples, mas que vão evitar que sua compra termine em dor de cabeça.

Confira abaixo algumas dicas para não cair em ciladas quando for comprar produtos da China, especialmente com a chegada da Black Friday:

Leia as avaliações negativas

A loja pode ser muito bem avaliada, mas sempre existirá algum cliente insatisfeito, e vale a pena ler esses comentários. Talvez seja só um pequeno incidente que já foi resolvido, mas você também pode acabar descobrindo um problema justamente naquele produto que está procurando, ou com a entrega em sua região.

Procure avaliações de brasileiros

Normalmente, sites de compras permitem ver as avaliações de outros usuários. A experiência pode variar muito entre os países de cada usuário, por isso é importante procurar brasileiros no meio dos comentários. Se a entrega é ruim para vários brasileiros, possivelmente o problema também te afetará. Informações como o tempo de entrega ou a chance do produto ser taxado na alfândega podem ficar mais claras com essas avaliações.

Prefira sites em português

Um site com informações em português e preços em real facilita o trabalho de busca dos consumidores brasileiros. Quando a empresa tem o cuidado de traduzir seu site para nosso idioma, sugere sua vontade de investir no mercado brasileiro e, consequentemente, ouvir seus clientes locais. Assim, se algo sair errado, a loja provavelmente será mais preparada para te atender.

Leia atentamente a descrição do produto

Muitas lojas ainda apelam para descrições mentirosas para vender mais. Qualquer problema com o item levará meses até ser identificado, já que ele vem da China. Por isso, é importante ficar atento à descrição do produto. Leia as especificações técnicas de eletrônicos, as medidas e materiais de roupas e artigos de decoração. Esses detalhes “escondidos” podem fazer toda a diferença.

Prefira lojas bem avaliadas

Existem inúmeros sites de vendas por aí, e nem todos são confiáveis. Felizmente, em praticamente todos eles, você pode filtrar os resultados de busca para mostrar apenas as lojas mais bem avaliadas pelos compradores. Comprar de lojas bem avaliadas deve reduzir drasticamente a probabilidade de algo sair errado com sua compra.

Taxas e impostos

Seus produtos vêm de outro país, então eles podem ser taxados. Compras abaixo de US$ 100 estão isentas de impostos, mas as compras acima desse valor podem ter encargos cobrados, além do valor original do produto. Nesses casos, você terá que retirar sua encomenda em uma agência dos Correios, mediante pagamento. É possível recorrer da cobrança, mas é um processo um pouco lento, e você não pode pegar seu produto enquanto ele não acabar.

Cuidado com promoções

Sim, é muito tentador encontrar um PS4 por R$ 899, mas sempre desconfie desses valores baixos. Alguns lugares querem vender itens de baixa qualidade por preços de originais, então é bom ficar de olho. Se o site não tiver um sistema de proteção ao consumidor, quando o produto chegar até você, já será tarde demais. Sempre que encontrar ofertas como essa, leia atentamente a descrição e, se ficar com dúvidas, não compre.

 

via https://olhardigital.com.br/