SEENS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
+55 (41) 3779-0196

Como habilitar o recurso de busca por abas do Google Chrome

Chrome

Recurso escondido do Google Chrome lhe ajuda a encontrar abas que estão abertas. Saiba como ativá-lo!

Quando você passa horas navegando na internet, é quase certo que você acabe com muitas abas ou guias abertas no navegador, o que lhe deixa perdido na hora de voltar ao que realmente é interessante no momento. Para ajudar neste cenário, felizmente, o Chrome tem investido em alguns recursos como a criação de grupos para abas, mas que nem sempre é o suficiente para todos os casos.

Além da função mencionada acima, o Chrome também conta com um recurso escondido, que lhe permite fazer buscas por abas abertos usando a sua barra de endereços. A seguir, veja como habilitar e usar o recurso de pesquisas em abas do Chrome.

Importante

Da mesma forma que ocorre com alguns outros recursos, esta nova função do Chrome para encontrar abas abertas a partir de uma pesquisa precisa ser habilitada em seus parâmetros, não sendo acessível em um primeiro momento através de seus menus convencionais.

Como habilitar a função de busca por abas no Chrome

O recurso mencionado mais acima já está disponível na versão estável do browser e, apesar de não ser ativado da forma mais tradicional, requer poucos passos para poder ser utilizado. Confira:

  1. 1- Abra o Google Chrome normalmente e entre no endereço: chrome://flags;

    Reprodução

  2. 2- Procure na lista por: Omnibox tab switch suggestions. Mude o seu valor para “Enabled”;

    Reprodução

  3. 3- Na mensagem que surge, clique em “Relaunch Now”.

    Reprodução

Depois que a função está ativada, ao abrir uma nova guia, basta pesquisar pelo termo desejado. Então, no resultado que deseja acessar, basta clicar em “Alternar para esta guia”.

Reprodução

Pronto! Agora, você já sabe como usar o recurso do Chrome que lhe ajuda a localizar as abas que ficaram abertas no navegador. Nos testes realizados pelo Olhar Digital, o recurso até funcionou bem na maioria dos casos, entretanto, ele ainda mostra que precisa ser aprimorado, uma vez que apenas um “termo” pode não ser o suficiente para encontrar uma aba perdida.

 

Fonte: https://olhardigital.com.br/dicas_e_tutoriais