SEENS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
+55 (41) 3779-0196

Cuidado: Golpe já afetou conta bancária de milhares de brasileiros

Getty Images/iStockphoto

Malware opera por meio de ferramenta adulterada do Windows

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

Um total de 2,8 mil clientes de nove bancos diferentes foram vítimas de um malware disseminado por computadores brasileiros, informou um relatório da empresa de cibersegurança Tempest. A ameaça virtual afeta computadores do sistema operacional Windows no momento em que usuários acessam o internet banking.

O malware funciona como uma ferramenta de acesso remoto, o que significa que, mesmo que seu computador esteja infectado, os criminosos precisam estar online para aplicar o golpe.

Este funciona da seguinte maneira:

- Você abre o internet banking;

- Os criminosos enviam uma tela que sobrepõe a do site do banco com a desculpa de que é preciso instalar um módulo de segurança;

- Os fraudadores requisitam dados para realizar alguma transação fraudulenta em nome da vítima.

Reprodução

Sobreposição de tela pede assinatura eletrônica dos usuários.

De acordo com a análise da Tempest, o malware tem ligações com uma campanha de phishing massiva que atingiu mais de 120 mil pessoas entre o final de 2018 e início de 2019. A diferença é que esta campanha tem técnicas de ocultação distintas e usa um aplicativo possivelmente adulterado do Windows (WinGUp) para fazer o malware funcionar.

Para não cair nesse tipo de golpe, a recomendação é a mesma a casos de phishing: se educar e aprender a identificar mensagens maliciosas, que podem afetar tanto ambientes corporativos como domésticos.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/tecnologia