SEENS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
+55 (41) 3779-0196

Grana curta: como escolher qual é o upgrade certo para o seu PC?

Separamos algumas dicas para você saber qual peça trocar para dar uma turbinada na máquina.

Grana curta: como escolher qual é o upgrade certo para o seu PC?

(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

O Natal está aí e, entre tantos presentes, muitos de nós queremos comprar aquela placa de vídeo, processador ou memória para dar uma turbinada em nossas máquinas.

Acontece que nem sempre a grana é suficiente para fazer um upgrade completo no PC. Justamente por conta disso, pensamos em trazer algumas dicas para você decidir qual peça deve trocar para obter o melhor desempenho.

Neste artigo, vamos apresentar algumas situações comuns, as quais geralmente indicam que um ou outro componente está defasado, possibilitando assim que você descubra qual componente deve ser substituído.

Problemas de lentidão geral do sistema

1) Quem costuma formatar o PC apenas uma única vez na vida possivelmente acaba enfrentando sérios problemas de desempenho. Devido ao uso demasiado (o que inclui instalações de programas, transferência de arquivos e outras atividades), é normal que o disco rígido acabe ficando fragmentado.

Às vezes, você nem precisa trocar de disco, sendo que simples ações (desfragmentação, formatação, eliminação de arquivos antigos) podem resolver seu problema. Todavia, há situações em que o HD realmente está sentindo o peso da idade. Nesses casos, pode ser até mesmo que o sistema comece a apresentar erros devido a setores defeituosos, sendo que somente a substituição do componente resolverá sua vida.

Grana curta: como escolher qual é o upgrade certo para o seu PC?

(Fonte da imagem: Divulgação/Sandisk)

Conforme comentamos em nosso artigo ontem, os drives de estado sólido (SSD) ainda não são uma boa opção devido aos preços elevados. Entretanto, usar um SSD de pequeno tamanho (nem que seja de apenas 60 GB) combinado com um HD de grande porte pode ser uma ótima solução para dar uma turbinada no PC. Certamente, um SSD é garantia de desempenho.

2) Em algumas situações, o disco rígido está em perfeitas condições, mas os aplicativos continuam demorando em abrir. Há computadores que mal conseguem gerenciar algumas abas no navegador ou que não conseguem cuidar de múltiplos aplicativos abertos.

A lentidão geral do sistema pode acontecer por conta da pequena quantidade de memória RAM, algo que acaba obrigando o Windows a usar a memória virtual (do disco rígido, que é muito mais lento que a RAM).

Grana curta: como escolher qual é o upgrade certo para o seu PC?

(Fonte da imagem: Divulgação/Corsair)

Se o seu PC ainda está com apenas 512 MB ou 1 GB, certamente um salto para 2 GB pode resolver seus problemas, mas, se você quer ser feliz, recomendamos colocar 4 GB para não ter dores de cabeça tão cedo.

3) Normalmente, um processador de dois núcleos é perfeito para rodar o sistema e aplicativos básicos, mas pode ser que devido à grade quantidade de programas rodando junto, a CPU da sua máquina já não esteja mais tão poderosa.

Às vezes, vale fazer um pequeno upgrade, mesmo que mantendo a mesma placa-mãe, apenas para saltar para quatro núcleos. Entretanto, se você tem como esbanjar um pouco, troque seu chip por uma mais recente que não cause problemas tão cedo.

Os jogos estão engasgando

Se você usa seu PC para rodar games e tem notado que muitos deles estão apresentando problemas de desempenho, então você pode ter que trocar uma das seguintes peças: placa de vídeo, memória RAM, HD ou processador. Não é muito fácil diagnosticar o problema sem conferi-lo de perto, mas você pode se orientar com algumas dicas  mais abrangentes:

1) O principal problema em jogos geralmente se deve ao baixo desempenho da placa de vídeo. Quando o game roda quadro a quadro (ou seja, engasgando), você tem duas opções: reduzir as configurações gráficas ou adquirir uma nova placa de vídeo.

Grana curta: como escolher qual é o upgrade certo para o seu PC?

(Fonte da imagem: Divulgação/MSI)

No caso de substituir sua atual GPU, você talvez precise ficar atento à fonte de alimentação. Dependendo do componente energético que você tem no PC, pode ser que a nova placa de vídeo não funcione adequadamente, o que significa que será preciso trocar duas peças. Se a ideia é fazer CrossFire ou SLI, verifique no site oficial da placa de vídeo a fonte necessária.

2) Você deve se certificar se seu PC tem o mínimo de memória RAM para rodar os jogos. Caso seu computador tenha pouca memória, adicione um novo módulo. O mínimo recomendado para games é 4 GB, mas, se você pretende jogar com tranquilidade, vale apostar em 8 GB.

3) Caso seu computador demore muito em carregar determinados níveis ou se algumas áreas de um determinado cenário demoram em aparecer, você terá de considerar a troca do disco rígido. É interessante usar no mínimo um HD de 7.200 RPM e com 64 MB de buffer. Se o seu drive de armazenamento já é rápido, talvez valha considerar a ideia de um SSD.

4) Geralmente, o processador não deve influenciar tanto na execução dos jogos, porém processadores muito antigos podem causar gargalo (limitando os demais componentes) em títulos mais recentes.

Para não esquentar a cabeça, talvez seja bom comprar um processador Intel Core (de terceira geração) ou um AMD FX (da última série). Vale notar que é preciso verificar se sua placa-mãe é compatível com este upgrade.

Meu computador está desligando

A situação fica realmente crítica quando os problemas de desempenho começam a impactar no hardware. Caso seu PC esteja desligando sem motivo aparente, você deverá investigar um dos seguintes componentes:

1) Cooler: se o sistema de refrigeração do seu PC não está funcionando adequadamente — o que leva ao aumento de temperatura e, consequentemente, ao desligamento da máquina —, então é interessante que você invista sua grana em um novo cooler.

Grana curta: como escolher qual é o upgrade certo para o seu PC?

(Fonte da imagem: Divulgação/EVGA)

2) Fonte: em alguns casos, a fonte de energia não é suficiente para alimentar todos os dispositivos, o que acaba impossibilitando que o computador fique ligado por muito tempo. Caso sua fonte seja de baixa potência, recomendamos a compra de um novo componente.

Só quero melhorar minha vida

Acima, apresentamos algumas situações problemáticas que exigem a troca de alguns componentes para que o computador funcione corretamente ou simplesmente exiba melhores resultados em determinadas tarefas.

Entretanto, há casos em que estamos satisfeitos com nossos PCs e queremos apenas incrementar a máquina para ter um desempenho mais satisfatório. Para garantir uma performance mais robusta, recomendamos atualizar os seguintes componentes:

1) Instale um SSD: o uso de um drive de estado sólido certamente vai garantir tempos menores de carregamento do sistema e dos aplicativos. Faça este upgrade para notar uma diferença brutal na velocidade geral (estamos falando do tempo para abrir os jogos e aplicativos) do seu computador.

2) Adicione mais memória RAM: um computador com 8 GB de memória RAM dificilmente vai engasgar quando há uma dezenas de aplicativos pesados abertos. Se você usa o PC a semana toda e não quer desligá-lo, com certeza uma grande quantidade de memória deve garantir a estabilidade do sistema por um longo período.

3) Troque o processador: uma CPU básica pode realizar quase todas as tarefas que outra mais robusta, mas um chip mais avançado pode garantir menores tempos de processamento em diversas atividades. Quem trabalha com softwares pesados e quer otimizar a execução dos jogos pode apostar seguramente em um novo processador.

4) Compre uma nova placa de vídeo: as GPUs estão cada vez mais aperfeiçoadas para ajudar no processamento geral. Normalmente, investir em uma nova placa de vídeo não vai causar um impacto tão direto no seu dia a dia, mas certamente uma nova unidade gráfica pode melhorar a execução de jogos e aplicativos de edição de imagem e vídeo.

Mantendo a boa funcionalidade da máquina

Essas foram algumas dicas de peças que você pode trocar para melhorar o desempenho do seu computador, mas é claro que somente instalar novas peças não resolve seus problemas permanentemente.

É importante sempre manter o sistema limpo, gerenciar os aplicativos que estão em execução e realizar procedimentos de manutenção para manter o PC em ótimo estado. Esperamos que nossas sugestões tenham sido úteis. Você já pensou em qual peça vai pedir para o Papai Noel?