SEENS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
+55 (41) 3779-0196

Para começar o ano bem: veja como usar apps de controle de gastos

Gabriel Francisco Ribeiro

Do UOL, em São Paulo

Getty Images

Ano novo, boleto velho. Essa é a realidade da maioria dos brasileiros. Pois então o começo de um novo ano é a época perfeita para passar a organizar a vida financeira. E, atualmente, você pode até contar com a ajuda de aplicativos para deixar de lado aquelas planilhas de gastos no Excel ou papel mesmo.

Isso mesmo. Os tempos em que você precisava de uma planilha no papel ou que ligar o computador para criar algo para equilibrar os gastos ou planejar uma viagem estão no passado. Atualmente, alguns aplicativos, disponíveis para Android e iOS, estão aí para deixar o processo muito mais simples para você.

Damos abaixo alguns exemplos entre vários aplicativos por aí com funções semelhantes.

Guiabolso (nota 4,2 no iOS e  4 no Android)


Reprodução

Guiabolso: aplicativo totalmente gratuito para iOS e AndroidImagem: Reprodução

O aplicativo mais famoso de controle de gastos entre brasileiros é, inclusive, nacional: o Guiabolso. Ele se destaca pela maneira automática em que faz o controle de suas compras, seja via débito ou cartão de crédito.

O funcionamento dele é bem simples. Ao baixar o aplicativo, você tem a opção de cadastrar uma conta bancária no app. Você deve colocar seu banco e sua senha do internet banking de visualização – você pode adicionar todas as suas contas no aplicativo para consolidar os gastos. A partir daí, tudo o que você gastar em crédito e débito será colhido pelo app.

Há um diferencial no aplicativo porque ele ainda faz automaticamente uma categorização das suas compras: o Guiabolso coloca uma etiqueta que representa se é moradia, lazer, compras, contas de casa e etc. Vale citar que nem sempre isso é eficaz, então é bom você revisar sempre a etiqueta que o aplicativo colocou para cada conta e, se necessário, mudar manualmente.

Isso é muito importante para outra função do app: gráficos que mostram como você está gastando o seu dinheiro. O grande diferencial do aplicativo é essa informação visual, que faz você entender facilmente com o que está gastando mais dinheiro e em que áreas você pode economizar.

Se você não quiser adicionar a senha do seu banco no aplicativo por temores de segurança ou não conseguir cadastrar algum tipo de conta, é possível adicionar os seus gastos manualmente - basta clicar em “conta manual” na hora de fazer o cadastro no app. É também possível criar categorias de gastos de acordo com sua necessidade e uso.

Você tem a possibilidade de colocar uma meta de economia de dinheiro (por exemplo, para uma viagem) e o Guiabolso vai te ajudando a chegar nessa meta, além de oferecer detalhes de onde você pode economizar. Da mesma forma, é possível fazer um planejamento de cada categoria de compras, com um “teto de gastos” selecionado por você.

Um problema notado no app é que ele não entende gastos em moeda estrangeira e assume que o valor é em reais – além disso, não lida totalmente bem com parcelamentos de compras no cartão de crédito, sende necessário o usuário estar sempre de olho em como os débitos estão aparecendo no fim do mês.

Em informações visuais na tela, o aplicativo também mostra quanto dinheiro você tem na poupança e o quanto você está investindo mês a mês. Outro benefício grande do Guiabolso é que ele permite consulta de CPFs: o app deixa bem claro que apenas o seu próprio deve ser consultado. O aplicativo esteve na lista dos melhores de 2018 do Google.

Organizze (nota 4,7 no iOS e 4,6 no Android)

Reprodução

Organizze: app gratuito, mas com funções pagas, para iOS e AndroidImagem: Reprodução

Aplicativo que atualmente está até à frente do Guiabolso entre os mais baixados da App Store e com notas melhores em ambas as lojas, o Organizze tem feito cada vez mais sucesso entre quem busca planejar a vida financeira.

A interface do aplicativo é bem elogiada por ser simples e bem visual, algo que o Guiabolso inclusive acabou adotando em tempos recentes após ver o sucesso do rival. Contudo, ao contrário do Guoabolso, o Organizze exige que o usuário cadastre gastos manualmente. Você configura cartões e contas nas preferências do aplicativo e, após isso, passa a adicionar os gastos e receitas em cada conta que tiver.

Apesar disso, o funcionamento é simples. Após baixar o app, ele pedirá para você criar uma conta com seu email ou Facebook. A partir de então já é possível usar o app. Basta clicar no borão “+” para adicionar uma despesa ou receita que entrou em sua conta. Você pode categorizar cada valor incluído dentro do aplicativo em algumas categorias. Para compras parceladas, você deve sempre colocar o valor da parcela, não o total da compra.

O aplicativo também oferece relatórios personalizados dos seus gastos mensais e oferece gráficos para você acompanhar sua vida financeira. O usuário ainda pode adicionar cartões e metas para sua conta, além de criar alertas com dados de pagamento de contas para não esquecer de pagar.

Um ponto negativo é que ele exige uma assinatura premium para usar recursos mais avançados no app. Entre os recursos premium, estão criar filtros e classificar os lançamentos com etiquetas, adicionar fotos de comprovantes e recibos, prioridade no atendimento do serviço e possibilidade de adicionar metas.

Excel ou Google Drive

Bom, se você ainda não quer desapegar das planilhas e já criou esse hábito há anos, é bom dizer que ainda é possível fazer tudo o que mantinha no computador pelo celular. O Excel, da Microsoft, e o Google Drive, do Google, contam com aplicativos que deixam a tarefa mais fácil na ponta do seu dedo.

Os funcionamentos de ambos são praticamente os mesmos de um computador normal. Se você já tinha o hábito de fazer planilhas do tipo no PC, não terá nenhuma dificuldade em recomeçar no smartphone.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/