SEENS TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
+55 (41) 3151-9551

Promoção de cafeteira 3 Corações é fake? Entenda o golpe

Mensagem que promete cafeteira e kit de cápsulas grátis é usada como risca para roubo de dados; fraude voltou a circular em 2022, às vésperas do Dia da Mulher

Por Ana Letícia Loubak

A falsa promoção da cafeteira 3 Corações é um golpe de phishing recorrente no WhatsApp. Na mensagem fake, que circula no mensageiro desde 2020, criminosos prometem o eletrodoméstico da marca de graça para os usuários que acessarem um link e responderem um questionário. Dados do Google Trends, ferramenta que monitora buscas em alta na Internet, mostram que a falsa promoção voltou a circular muito na Internet desde a última quarta-feira (23). Criminosos estão utilizando a proximidade do Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, para fisgar as vítimas.

Segundo a mensagem falsa, a marca 3 Corações estaria presenteando os consumidores com cafeteiras para que eles pudessem comemorar a data “com o café que eles amam”. Ao TechTudo, a fabricante confirmou que a promoção é fake. Para evitar que você compartilhe informações sigilosas com criminosos, explicamos a seguir o funcionamento do golpe que promete uma cafeteira 3 Corações grátis.

O golpe circula no Brasil desde julho de 2020. Ao analisar as buscas computadas pelo Trends, percebe-se que um dos picos de procura para o termo “promoção cafeteira 3 Corações” ocorreu no fim de novembro de 2020, período em que aconteceu a Black Friday. Isso porque golpistas aproveitaram o entusiamo dos brasileiros com a data promocional para espalhar a fraude mais rapidamente.

Entenda o golpe da promoção da cafeteira 3 Corações

O golpe é veiculado no WhatsApp a partir de uma mensagem que promete uma cafeteira da marca e um kit de cápsulas de graça para aqueles que acessarem o link contido no recado e responderem um questionário. A fraude utiliza gatilhos de escassez, como “restam apenas 75 cafeteiras”, para criar senso de urgência nas vítimas e pressioná-las a fornecer seus dados.

Para garantir o suposto prêmio, os usuários precisam também compartilhar a mensagem com cinco grupos ou 20 amigos. O objetivo da regra é fazer com que o golpe chegue ao maior número possível de pessoas, para que os criminosos consigam obter um alto volume de dados. De posse dessas informações, eles podem fazer empréstimos, abrir contas bancárias e cometer outros delitos em nome da vítima. Por fim, os golpistas pedem que a pessoa informe seu endereço, o qual seria usado para a entrega da cafeteira.

Promoção “Responda e ganhe cafeteira 3 Corações” é fake, confirma marca

Procurada pelo TechTudo, a empresa Café 3 Corações desmentiu a informação de que estaria sorteando cafeteiras no Dia da Mulher 2022 e reforçou que a mensagem não tem qualquer ligação com a companhia. A marca também orientou os consumidores a não fornecer dados em links recebidos em grupos do WhatsApp e reiterou que as comunicações do grupo 3 Corações ocorrem apenas por meio de seus canais oficiais.

Como se proteger

O golpe da cafeteira 3 Corações é semelhante a outros golpes de phishing, que consiste em enganar as vítimas para que elas forneçam dados pessoais ou bancários. O modus operandi dos criminosos é sempre o mesmo: eles oferecem produtos grátis ou grandes descontos em troca de informações sensíveis. Para validar a promoção, os fraudadores pedem que a vítima compartilhe o recado com seus amigos, ação que contribui para a disseminação do golpe. Marcas famosas como O BoticárioHeinekenBurger King Adidas já foram usadas como isca para esse tipo de fraude.

Para se proteger, portanto, a primeira recomendação é desconfiar de promoções que chegam por meios não-oficiais, já que as ofertas costumam ser divulgadas no site ou nas redes sociais das empresas. Além disso, deve-se evitar clicar em links suspeitos recebidos via WhatsApp ou SMS, mesmo que eles tenham sido encaminhados por pessoas de confiança. Para reforçar ainda mais a segurança, vale também instalar, no celular ou computador, um serviço de antivírus com proteção contra phishing que bloqueie automaticamente o acesso a links duvidosos.

via techtudo.com.br

via techtudo.com.br